últimas notícias

Aqui se você fica sabendo!

Notamos que todas as notícias tem base na verdade só nos resta ter acesso a qual. Repare no caso Marielle Franco o quanto foi badalado... Muita comoção e pessoas se envolveram se dando quase que por semelhante vitima do"quase" provável crime.

Nada como dar tempo ao tempo e deixar que a verdade nos revele o oculto.

Como você pode reparar a notícia que norteia a ideia que o crime de Mariele. Não foi de cunho ideológico conforme foi fomentada nas redes sociais e na grande mídia. Se assistir este vídeo ficará ciente da verdadeira ação da milicia. E quem nos livrará da hipocrisia do PSOL quando investiu duras críticas e até pedindo o fim da polícia militar. Isto acredito que o Marcelo não deseja mais o fim da instituição que a meu ver esta se do paga para nos proteger. Ciente que e por si contratou uma empresa empresa de segurança particular. Como o nós meros pagadores de impostos iríamos viver sem a defesa de polícia militar?

Peço que ajude aos canais destes you-tubers a crescerem clicando mostrando que gostou e acionando o sininho conforme eles tanto pedem para assim aumentarem a relevância. Os trabalhos deles é informar com base na verdade e quanto aqui amostramos que tem tudo a ver ou quase tudo. Ver matéria

 

 

Fábrica de grafeno do Brasil...

Olha a utilidade do Grafeno um minério que o BRASIL tem em abundância e o PT vendia a preço de Banana para CHINA. Agora com a administração isto pode ser mudado e conforme se vê em parte nestas pesquisas estamos no caminho certa. Só nos resta os nossos amigos e vizinhos não interferirem a modo de impedir que venhamos crescer economicamente e possivelmente no espaço tecnológico. Ver matéria

 

 

Miscelânea c/ carne sem indulto no clima!

Desejo de coração para você que esta fugindo da rede global de televisão que assista aqui a Valéria Bernardo e siga os parâmetros do Youtube para divulgar o trabalho que é para nós libertador.

E descubra a verdade sobre o aquecimento que separei pra ti aqui , caso contrário... Ver matéria

 

 

Impondo limites!

O polêmico projeto europeu de direitos autorais que pode censurar a web Para muita gente que vive na União Europeia, Artigo 13 é sinônimo de ameaça à internet. Soa como exagero, mas a expressão faz referência a uma controversa proposta de lei de direitos autorais que poderá resultar em severas restrições para o compartilhamento de imagens, vídeos e outros conteúdos criados por usuários de redes sociais e outras plataformas. Não é só isso: outra proposta, o Artigo 11, poderá fazer com que links para sites de notícias sejam taxados em serviços que distribuem conteúdo, como o Google News. Como e por quê? Você já vai entender clique aqui e o Diego te explica , peço, ajude-o divulgando o seu trabalho.

O que é o Artigo 13? Ver matéria

 

 

Um esboço para o Armagedom.

A Arábia Saudita anunciou neste domingo (26) que está formando uma coalizão de 40 países muçulmanos predominantemente sunitas. O objetivo seria reunir forças para combater os grupos extremistas e fazê-los “desaparecer da terra”. O príncipe Mohammed bin Salman, que está prestes a se tornar o líder do país com a renúncia de seu pai, presidiu na capital Riad uma reunião de ministros da Defesa de países do Oriente Média, Ásia e África, marcando oficialmente a criação da Coalizão Militar Islâmica, que vinha sendo negociada desde 2015.

Observe que disto para o desejo da Paz mundial é um pulo principalmente para quem mente até orando ao seu deus. O Foro de São Paulo é um aperitivo tendo em vista a ressaca que se desenha no previsto cardápio. Tipo: prato do dia! É o que temos para hoje... Ver matéria

 

 

PACTO GLOBAL DE MIGRAÇÃO...

Dá-se a entender o que o Olavo nos tentou explicar através deste vídeo . Mas como não sei porque me veio em mente uma musiquinha que começa assim: "Quem sou eu e quem é você nesta história não sei dizer... Nesta nem lembra que sou um pagador de impostos com este" PACTO GLOBAL DE MIGRAÇÃO... não sei o que a ONU pensa que sou. Alias planejaram algo tão grande que tentar resumir isto em um livro derá um Best Seller. A foto acima foi sim uma amostra de uma das famílias de Honduras corre do gás lacrimogêneo lançado por autoridades americanas contra caravana migrante na fronteira. Mas como no Brasil tudo esta numa vibe diferente, nem sei o que falar, digo: escrever para esclarecer. Ver matéria

 

 

Pezão de mãos dadas para ordem...

...E o progresso!

O governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB) foi preso preventivamente pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira, dentro do Palácio Laranjeiras, residência oficial do chefe do executivo, em um desdobramento da operação Lava Jato. A ordem de prisão foi expedida pelo ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça. Na ação, a Procuradoria-Geral da República disse que o governador integra o núcleo político de uma organização criminosa que cometeu vários crimes contra a administração pública, com destaque para corrupção e lavagem de dinheiro. O político do MDB foi alvo de delação premiada de Carlos Miranda, suspeito de ser operador financeiro de esquemas de seu antecessor, Sergio Cabral, de quem foi vice-governador. Ver matéria

 

 

Moro contra o crime organizado.

O juiz federal Sergio Moro, confirmado para o Ministério da Justiça, disse hoje (23) que vai apresentar em 2019 um projeto com medidas contra a criminalidade sustentado em três eixos: combate à corrupção, ao crime organizado e aos crimes violentos. Moro participou nesta sexta-feira do Simpósio Nacional de Combate à Corrupção, promovido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro. “Primeiro [vou] apresentar um Video reportagem terça livre e salientar um detalhe muito importante... O foco vai ser agenda contra corrupção, anticrime organizado e contra o crime violento.” Para Moro, serão necessárias algumas mudanças nas leis criminais para dar suporte ao combate efetivo às ilegalidades. Como exemplo, ele citou a necessidade de mudar o sistema de progressão de pena e regime. “Tem que se proibir progressão de regime para o preso que mantém vínculo com organizações criminosas. Tem que liberar preso apto para ressocialização. Se colocar em liberdade, vai apenas potencializar aquela organização criminosa. Serve como desestímulo ao ingresso dos presos nessas organizações criminosas”, afirmou. “As penas até já são elevadas, o problema é o tempo de prisão real. Tem que mexer na progressão. Tem casos bárbaros, de sangue, que em pouco menos de 10 anos a pessoa já está progredindo. Às vezes parricidas [quem mata os pais] saindo em Dia das Mães”, acrescentou. Ver matéria

 

 

Prof. Olavo de Carvalho.

Conscientemente

Escrever é de uma maneira geral algo fácil. Entretanto saber colocar as palavras em ordem ortograficamente correta é outra coisa muito difícil. Quando se tratando da língua portuguesa e as suas normas técnicas se enquadra a algo pior ainda. E quando se trata de uma pessoa de nível cultural como me vejo buscando palavras para descrever, digo, apresentar o escritor, o filósofo, professor... Estou em sem saber definir tecnicamente quem é Olavo de Carvalho devido a sua tão grande qualidade. E separei na verdade este vídeo e peço que você assista. O próprio Olavo explica que esta acontecendo aqui no Brasil.

Alem dele há um grupo de pessoas que trabalham nas redes sociais até uma boa parte deles inspirados pelo Olavo, aja visto o Programa Terça livre que incentiva a leitura e tem um programa de jornalismo sem o viés ideológico, siga nas redes sociais e fique bem informado.

Deixo aqui também uma indicação ao só para ti, mas para que você incentive outros a pesquisarem e acredito que tudo será muito esclarecedor para a nossa geração. Ver matéria

 

 

O Câncer tem cura ou não?

Falta comprovação clínica e científica

O caminho que uma nova droga percorre até ser disponibilizada para um paciente no tratamento de alguma doença é longo e complexo. Até que um novo medicamento contra o câncer possa finalmente chegar nas farmácias, hospitais e postos de saúde podem levar mais de 10 anos, 12 anos, às vezes mais que isso. "Para que um medicamento seja aprovado e lançado no mercado, ele precisa passar por etapas muito específicas de análises, primeiramente, em tubo de ensaio, usando culturas de células e animais. E posteriormente, se for comprovada uma evidência de que ela pode ter benefícios para os pacientes, ela passará por testes clínicos de fase 1 a 4, ou seja testes realizados em seres humanos", explica o oncologista clínico Hezio Jadir Fernandes Júnior, diretor do Instituto Paulista de Cancerologia. Cada etapa dos testes vão avaliar a eficácia do medicamento no combate a doença, toxicidade (segurança), dosagens e efeitos colaterais no curto e longo prazo.

Os medicamentos oncológicos estão entre os maiores causadores de efeitos colaterais e saber ao certo quais são esses efeitos é umas das maiores preocupações dos oncologistas durante o tratamento. "Todos os medicamentos que prescrevemos, sejam endovenosos ou orais, causam efeitos colaterais e nós precisamos estar cientes desses sintomas para não causarmos complicações e mais problemas ao paciente. Quando receitamos um tratamento sabemos como esse medicamento será aplicado, a dosagem indicada e quais sintomas o paciente poderá apresentar", explica Fernandes Júnior.

https://www.minhavida.com.br/saude/materias/20219-fosfoetanolamina-sintetica-entenda-o-que-e-a-pilula-do-cancer

Em alguns casos, o medicamento possui uma quantidade tão alta de efeitos colaterais que é preciso interromper o tratamento. "Existem algumas drogas que não vingaram justamente por causa da toxicidade. É preciso haver um equilíbrio entre os efeitos colaterais e a eficiência do medicamento. De nada adianta uma droga ser promissora e não ser tolerável", ressalta Pilar. Ver matéria

 

 

Paris AO VIVO.

 

 

NA SUA OPINIÃO, VOCÊ ACHA QUE É MANIPULAÇÃO?

O brasileiro Marcelo Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, acusado de tráfico internacional, falsidade ideológica e homicídios, foi extraditado hoje (19) do Paraguai para o Brasil. Segundo a imprensa do Paraguai, ele deixou o país em uma aeronave do Grupo Aerotático da Força Aérea Paraguaia às 5h05. CONFIRA Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, é preso no Paraguai - Divulgação Polícia do Paraguai Marcelo Piloto foi extraditado do Paraguai para o Brasil (Divulgação/Polícia do Paraguai) Traficante confesso, Marcelo Piloto fugiu do Brasil depois de ser condenado a 26 anos de reclusão. A extradição do brasileiro foi cercada de sigilo e segurança envolvendo três barcos de patrulha das Forças Operacionais Especiais de Polícia (FOPE), segundo a imprensa do Paraguai. No sábado (17), Marcelo Piloto esfaqueou 17 vezes na cela em que estava uma jovem, de 18 anos, que foi visitá-lo. Autoridades paraguaias acreditam que ele cometeu o crime na tentativa de evitar a extradição para o Brasil. Piloto foi preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, em 2017, após a descoberta que estava usando documentos falsos. Ver matéria

 

 

Seguir bons exemplos rumo ao progresso.

A atual história econômica do Chile começa no início dos anos 1980, quando abraçou o neoliberalismo durante a ditadura do general Augusto Pinochet (1915-2006). Ele implementou a abertura da economia, o sistema de capitalização da Previdência, o sistema privado de saúde e de educação - mesmo as universidades públicas passaram a ser pagas, e muitas famílias ficaram anos endividadas com bancos para bancar os estudos dos filhos. As mudanças geraram um crescimento consistente da economia.

"O Chile foi pioneiro na adoção do neoliberalismo: os princípios de interesse individual, propriedade privada e supremacia do mercado financeiro foram implementados aqui antes mesmo do Consenso de Washington, de 1989 (quando foi formulado um "receituário" de medidas neoliberais à América Latina, como privatizações, austeridade fiscal e reformas tributárias)", explica o professor de Ciências Econômicas e Administrativas da Universidade de Valparaíso Guillermo Holzmann.

Prestigie o jornalismo do canal Terça Livre.

Para dar enfase a este desenvolvimento e do por vir, peço a ti leitor que prestigie todo o trabalho prestado, não só dos nossos governantes, que é plausível e salutar que o faça. Porem apoiem e assinem, curtam e divulguem para dar respaldo aos serviços prestados pelo Terça Livre Note Bem nesta reportagem : Ver matéria

 

 

2º o G1, Cuba é uma vítima.

Após a decisão do governo cubano, Bolsonaro se manifestou pelo Twitter dizendo: "Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou."

Se desejar saber o porque clique aqui e se informe com o trabalho da terça livre com base na verdade.

Bolsonaro disse ainda que "além de explorar seus cidadãos ao não pagar integralmente os salários dos profissionais, a ditadura cubana demonstra grande irresponsabilidade ao desconsiderar os impactos negativos na vida e na saúde dos brasileiros e na integridade dos cubanos". O presidente eleito acrescentou que "Cuba fica com a maior parte do salário dos médicos cubanos e restringe a liberdade desses profissionais e de seus familiares". "Eles estão se retirando do Mais Médicos por não aceitarem rever esta situação absurda que viola direitos humanos. Lamentável!", escreveu no Twitter. Ver matéria

 

 

O Hamas dispara 300 foguetes

A organização terrorista palestina Hamas disparou cerca de 300 foguetes contra Israel nas últimas horas em reação a uma operação secreta na Faixa de Gaza pelas Forças de Defesa de Israel, que deixou 7 mortos e paralisou a estação de TV oficial operada pelo grupo terrorista. A violência que surgiu em resposta parece aumentar a tensão entre os dois grupos mais uma vez e marcar a mais séria escalada desde a guerra Israel-Hamas em 2014. A violência irrompeu novamente depois que uma incursão militar israelense em Gaza no domingo deu errado. Uma missão de reconhecimento de tropas israelenses disfarçadas deu errado e desencadeou uma batalha que deixou sete palestinos, incluindo um alto comandante do Hamas morto. Do lado israelense, um soldado foi morto. Então, ao entardecer, na segunda-feira, militantes lançaram cerca de 100 foguetes em menos de uma hora, a barragem mais intensa desde a guerra de 50 dias, quatro anos atrás. Os foguetes de saída, que continuaram à noite, iluminaram os céus de Gaza e dispararam sirenes de ataque aéreo por todo o sul de Israel. Israel respondeu com aviões de guerra, helicópteros e tanques que atingiram mais de 30 alvos militantes, incluindo instalações militares, postos de observação e instalações de armas. O coronel Jonathan Conricus, porta-voz militar, explicou que Israel enviaria mais tropas de infantaria, sistemas de defesa de foguetes e unidades de inteligência para a fronteira de Gaza: "continuamos a atacar e retaliar alvos militares pertencentes a organizações terroristas em Gaza e, quanto às nossas intenções, aprimoraremos esses esforços conforme necessário ". Na noite de segunda-feira, Israel conseguiu retirar a sede da estação de TV Al Aqsa do Hamas na sede da cidade de Gaza. O porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, condenou o bombardeio como "uma agressão bárbara e descarada". Ver matéria

 

 

Somar pro nosso Bolso.

"Discursos de salvação nacional” Carlos Orsi especial para a Gazeta do Povo [28/06/2017] [10h40] Nióbio, o elemento 41 da tabela periódica: salvação da economia brasileira? Embora seja um metal estratégico, o nióbio só é empregado em pequenas quantidades, é substituível em seu principal uso de larga escala – a produção de aços especiais – e o Brasil não domina as tecnologias necessárias para aproveitar suas aplicações de ponta, como a fabricação de ímãs supercondutores ou sensores espaciais. " Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/o-niobio-vai-salvar-a-economia-do-brasil-como-defende-bolsonaro-8dk6th2h36miu5il9wn98nt9e/ Copyright © 2018, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Porem, a administração do Tem Tudo a Ver inste pedindo que assista no que o próprio Jair Bolsonaro propõe nesta reportagem . Coisa esta que nenhum outro candidato já eleito, até agora, como o nosso representante político, principalmente a presidência de uma república tão rica quanto a nossa. Ver matéria

 

 

Israel ajudará Bolsonaro

Nesta quarta-feira (31), em visita ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o embaixador israelense Yossi Shelley apresentou um projeto para resolver o problema da seca do nordeste. Ver matéria

 

 

Direita X Esquerda

Aculturação equivale à destruição de outra cultura? De fato, o processo de aculturação é visto por muitos como responsável pela destruição ou o desgaste de culturas vistas como “originais”. Como a ideia inicial de Franz Boas (1858-1942), um dos mais importantes autores na área de estudos culturais, que pautava o fenômeno da aculturação pelo processo de mudança da cultura original. No entanto, autores como o antropólogo brasileiro Gilberto Freyre, trabalhavam com a ideia de que o processo de aculturação não é unilateral, de forma que as duas estruturas culturais que estão envolvidas no processo estão sujeitas a absorver um ou outro aspecto da cultura diferente de forma mútua, mesmo não sendo um processo simétrico.https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/sociologia/aculturacao.htm Ver matéria

 

 

Gab on-line com a verdade!

Gab passou as últimas 48 horas trabalhando orgulhosamente com o DOJ e o FBI para levar justiça a um suposto terrorista. Por causa dos dados que fornecemos, eles agora têm muitas evidências para o caso deles. No meio disso, a Gab não tem plataformas de provedores essenciais de infra-estrutura de internet em todos os níveis. Somos a startup mais censurada, manchada e sem plataformas da história, o que significa que somos uma ameaça à mídia e à Oligarquia do Vale do Silício. Gab não vai a lugar nenhum. Não importa o que você escreve. Não importa o que as cabeças falantes sofisticadas digam na TV. Não importa o que ninguém confirma dizer no Twitter. Temos muitas opções, recursos e suporte. Vamos exercitar todos os caminhos possíveis para manter o Gab on-line e defender a liberdade de expressão e a liberdade individual para todas as pessoas. Todos vocês acabaram de fazer de Gab uma marca reconhecida nacionalmente como a casa da liberdade de expressão on-line em uma época em que o Vale do Silício está sufocando o discurso político com o qual não concordam em interferir nas eleições dos EUA. Ver matéria

 

 

Deus seja louvado.

 

 

Só para divulgar quem ganhou?

Não podemos aceitar que isso aconteça se as fraudes que provavelmente venha vamos todos pra rua protestar e pedir que as forças armadas tomarem o poder não podemos deixar eles fazerem isso não podemos deixar um país tão maravilhoso como o Brasil virar uma Venezuela o Brasil acima de tudo e Deus acima de todos Ver matéria

 

 

Verificação visual nas urnas?

Há rumores que se constatarem que houve fraudes nas urnas as eleições serão canceladas! Ver matéria

 

 

Faltou a tatoo do Che no peito...

Assista a reportagem na Valéria Bernardo o quanto os amantes do nosso pais querem de melhor para o povo! Ver matéria

 

 

Vamos escolher e votar em cédula.

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Rosa Weber, afirmou que acusações de falta de segurança nas urnas eletrônicas são “descoladas da realidade”. A ministra falou com jornalistas antes da sessão da Primeira Turma da Corte. As declarações foram divulgadas na página oficial do TSE. “As pessoas são livres para expressar a própria opinião. Mas, quando essa opinião é desconectada da realidade, nós temos que buscar os dados da realidade. Para mim, as urnas são absolutamente confiáveis”, afirmou. Em vídeo, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) denunciou suposta possibilidade de fraude na votação de outubro com voto eletrônico por falta de comprovante impresso em tordas as urnas. O voto eletrônico seria, nas palavras dele, “o caminho para o poder” do PT. Bolsonaro, contudo, não apresentou indícios ou fatos para endossar a afirmação.http://agenciabrasil.ebc.com.br/justica/noticia/2018-09/suspeitas-sobre-urnas-sao-descoladas-da-realidade-diz-rosa-weber Ver matéria

 

 

Limitadamente assim se prossegue...

A três dias do primeiro turno, o encontro na principal TV do país representava a última cartada dos candidatos para tentar movimentar suas intenções de voto, no momento em que só Bolsonaro aparece em curva ascendente nas pesquisas –segundo o Datafolha desta quinta, ele chegou a 35% dos votos (39% dos votos válidos). Ao longo do debate, Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Henrique Meirelles (MDB) e Geraldo Alckmin (PSDB) criticaram a ausência do candidato de extrema direita e a entrevista concedida à Record, além de lembrar as recentes polêmicas da campanha do deputado do PSL, protagonizadas pelo seu vice, general Hamilton Mourão, e pelo economista Paulo Guedes. Uma “entrevista em situação de absoluto controle, em tom amigável”, disse Meirelles em referência ao programa exibido pela Record — ele também lembrou o Governo Fernando Collor para criticar "salvadores da pátria". Ver matéria

 

 

Aos 45 min. 2º tempo surge Palocci...

Operação da Polícia Federal teve 16 fases durante o ano, com 65 prisões preventivas ou temporárias e mais de cem conduções coercitivas. Começou com Delcídio do Amaral, que citou Dilma e Lula, e chegou a Eduardo Cunha, Palocci e aos executivos da Odebrecht. Ver matéria

 

 

Hã, Vitória é do 17, ok?

 

 

A verdade dentro da #...

De certa forma este períodos eleitorais sempre nos deixaram em dúvida. Imagina você que nasceu com a aptidão de ser político. Fica “fácil” decidir, porem o que fica entre “aspas” imagine uma # , pois será este “fácil” que te levará perto da verdade. Desde que você, é claro, que já nasceu com este dom de bom falastrão se faça solícito em aprender para a quem serve a política vigente. O ser político não fica tão distante de ser um líder.

O problema sempre será o amor em excesso se nele, você (político e representante), não se perca no propósito de outrora. Por isto pra você fica a pergunta: Só representa a sua família?

E por outro lado este eleitor que gosta da sua postura e apenas quer confiar em você e as leis te obrigam sistematicamente a dançar em outro ritmo. Se posicione na condição de escravo e estando preso só te restará pensar. E contra isto, realmente só um #, neste mundo tecnológico “ainda livre de leis” poderão nos conduzir bem próximo da real intenção final, pense um pouquinho nisto! Ver matéria

 

 

Imagens que se compram...

No vídeo uma enfermeira negra ilustra a história de superação narrada: “Sim, sou mulher, negra e vinda de família pobre, mas não passei procuração para que ninguém fale em meu nome. Há muito me libertei do vitimismo que muitos ainda insistem em me colocar sobre os ombros…”, diz a locutora. Ironicamente, o vídeo que fala em colocar palavras na boca de setores negros, usa uma modelo negra vestida de enfermeira cuja imagem é vendida no banco de imagens da agência Shutterstock, por 79 dólares. Bolsonaro para se contrapor às inúmeras acusações de racismo que possui, busca atacar o movimento negro, mas a falácia de seu discurso é tão grande que ele não consegue nem um depoimento de apoio real e precisa criar um roteiro falso que faz da exceção a regra, tudo para justificar seus posicionamentos racistas contra cotas e a inclusão dos negros. Ver matéria

 

 

Siga o líder...

Segundo o meu jornalismo civil e de baixo valor por não ser diplomado em nenhuma instituição de ensino. Revelo aqui neste espaço o que noutros prestam desserviços para o povo. Note que estamos as vésperas das eleições como na data de hoje 16/09/2018 pus esta matéria para a sua avaliação meu caro leitor. Como pode ver aqui há uma confissão verdadeira mesmo sendo filho do candidato líder que nos promete nos retirar do buraco repare que há outros desafios e é demostrado com indignação sem querer desanimar conforme se lê a seguir nas pesquisas. Espero que entenda direitinho este recado sério! Ver matéria

 

 

A boa imprensa e o avesso!

Quero começar este tema com a questão fundamental da minha tese , que é baseada na presença constante dos sociopatas-alfa na cúpula dos poderes bilaterais (Direita x Esquerda): O psicólogo Kevin Dutton, da Universidade de Oxford publicou um estudo sobre as “10 profissões preferidas pelos psicopatas” 1: 1. Presidentes de empresa (CEO: Chief Executive Officer). 2. Advogados (juízes e desembargadores por consequência). 3. Profissionais da Mídia (Rádio e TV). 4. Vendedores. 5. Cirurgiões (médicos e odontológos). 6.Jornalistas. 7. Policiais. 8. Religiosos (Pastores, padres, etc.). 9. Chefes de cozinha. 10. Funcionários públicos. Ver matéria

 

 

O Delegado Francischini detona as notícias falsas...

Desde o momento da divulgação do atentado contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro, as fake news (notícias falsas) começaram a disseminar, principalmente entre as Redes Sociais. Levantamento divulgado pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas (DAPP) da Fundação Getúlio Vargas aponta mais de 1,7 milhões de menções no Twitter sobre o assunto, sendo que cerca de 40% coloca em dúvida se o atentado realmente existiu ou trata-se de uma armação. Ver matéria

 

 

Nada cortará o nosso sonho!

Candidato estava em uma carreata em Juiz de Fora quando foi atingido. Segundo o hospital para onde Bolsonaro foi levado, o candidato à presidência está no Centro Cirúrgico. O agressor foi identificado como um homem de 40 anos Ver matéria

 

 

Show da Ivete Sangalo

Allianz Parque (Estádio Palestra Itália), São Paulo, Brasil sábado, 08 dezembro 2018 20:00 Ver matéria

 

 

Plano de Governo do melhor candidato!

Plano de Governo.

Amostra da jornalista Lis Macedo para evitar o Fake que tanto nos rodeia no Facebook e no Youtube

O BRASIL LIVRE

Propomos um governo decente, diferente de tudo aquilo que nos jogou em uma crise ética, moral e fiscal. Um governo sem toma lá-dá-cá, sem acordos espúrios. Um governo formado por pessoas que tenham compromisso com o Brasil e com os brasileiros. Que atenda aos anseios dos cidadãos e trabalhe pelo que realmente faz a diferença na vida de todos. Um governo que defenda e resgate o bem mais precioso de qualquer cidadão: a Liberdade. Um governo que devolva o país aos seus verdadeiros donos: os brasileiros. Confira no PDF

Ver matéria

 

 

What ?

A MÍDIA MATRIX Nesses últimos catorze meses a população brasileira tem vivido numa MATRIX. Uma realidade virtual está sendo aceita como se fosse a real. Tal contexto ,semelhante à produção cinematográfica dos anos 90, só está sendo possível graças a forma estanque de pensar de grande parte da população. Parece que as pessoas pensam como na linguagem de máquina 01 10 01 e não conseguem fazer uma síntese das notícias que leem e ouvem. A mídia é uma das principais responsáveis pela crise estabelecida e não apenas os desvios milionários da Petrobrás. Ao dar voz a mentes raivosas que não pensam no país, mas no seu próprio ventre, a mídia torna-se o principal pivô da crise. Tudo isso é imperdoável pois, de má-fé, os oligopólios de comunicação editam textos, fazem caras e bocas e mudam até a tonalidade da voz para enganar os ouvintes e leitores de seus jornais de opiniões parciais. Nesse filme, a mídia é a Matrix que conseguiu fazer o povo acreditar que a esquerda é criminosa e não tem nada a oferecer ao país. Fez toda uma população se comportar como manada e seguir por estradas batidas e emburrecedoras, onde acredita-se que os demais políticos são honestos diferentemente daqueles que se encontram no poder. Ver matéria

 

 

Facebook / Brasil

Há uma grande eleição no Brasil. Há grandes eleições em todo o mundo, e você pode apostar que estamos realmente comprometidos em fazer tudo o que precisamos, para garantir que a integridade dessas eleições no Facebook seja garantida

Sabendo que a presidência do Brasil fora pela primeira vez decidida não pela TV, mas pela internet, como a confiança dos médios brasileiros em sua mídia caiu, o Partido dos Trabalhadores felizmente sabe que pode contar com o gigante do Vale do Silício Facebook, com quem assinou uma cooperação. acordo em 2015 durante a Cúpula das Américas, onde o CEO Zuckerberg foi fotografado em várias ocasiões discutindo o assunto com a então presidente da época Dilma Rousseff.

O Facebook atinge uma audiência de cerca de 150 milhões de usuários no Brasil, que é sua segunda maior base de usuários depois dos EUA. De acordo com a diretora de parcerias móveis estratégicas do site de redes sociais e diretora local Laura Gonzalez-Estefani, o Facebook quer expandir para a América Latina a partir do Brasil, que possui uma das melhores porcentagens de penetração da Internet na região.

Além disso, o Facebook não está disposto a mudar sua parceria desta vez, dado o tempo já investido no relacionamento com o Partido dos Trabalhadores, não importando o que os eleitores brasileiros desejassem.

Como chefe do Facebook na região, Laura Gonzalez-Estefani declarou no ano passado em uma entrevista ao Miami-Herald que, quando se trata de expandir seus negócios, “você não pode ser estrangulado pela regulamentação”. Ver matéria

 

 

Brasil de um Candidato certo.

Brasil: Candidato de direita Jair Bolsonaro leva sua linha Em um Brasil desorientado, este candidato militar na eleição presidencial está pronto para vestir a roupa de um líder. Autoritário, se necessário. O MUNDO | 29.08.2018 as 15:00 • Atualizou o 30.08.2018 às 12:35 | Por Claire Gatinois (São Paulo, Correspondente) Subscrever de 1 € reagir adicionarCompartilhar (139)tweeter Várias vezes ele pareceu perder a paciência, fulminando os olhos vermelhos nos jornalistas da Globo, o canal mais visto no país. Irritado ao ver que nós tentamos questionar sua postura candidato "anti-sistema" nervoso para ser lembrado de sua homofóbico ou misógino, ele questionou o que ele se atreveu a dizer, atacando jornalistas, e com eles, toda essa profissão que ele odeia. Terça-feira 28 de agosto, no noticiário 20: 30 pm, os brasileiros que não sabiam ainda Jair Bolsonaro, 63, candidato à Presidência da República, membro do Partido Liberal Social (PSL), teve uma visão reveladora para o pensei nesta figura da extrema direita. Aqueles que o conheciam já não foram surpreendidos pelo homem. Um "patriota" recordou a pessoa diretamente, rapidamente para defender Deus, a família e falar do golpe militar de 1964 como uma "revolução democrática" . Creditou 19% das intenções de voto por trás do líder, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (39%), segundo pesquisa do Datafolha publicada em 22 de agosto, a reserva militar se torna a favorita das eleições presidenciais com 22% vozes no caso - muito provável - onde a candidatura de Lula, presa por corrupção, seria invalidada pelo Supremo Tribunal Eleitoral. Político insignificante de Brasília Membro do parlamento há vinte e sete anos, Jair Bolsonaro era apenas há alguns anos um insignificante político de Brasília, mais conhecido por seu ultraje verbal do que por seu ativismo parlamentar. Em abril de 2016, durante a votação em favor do impeachment (remoção) da esquerda presidente Dilma Rousseff, foi ainda observado por acompanhando seu voto de louvor ao coronel Ustra, um dos torturadores ditadura militar. Ver matéria

 

 

Intervenção, tem que se impor limites...

Mais um militar do Exército morreu no final da tarde de segunda-feira (20) durante operações contra o crime organizado nos complexos do Alemão, da Penha e da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo Comando Militar do Leste (CML), mas a identidade do militar ainda não foi divulgada. De acordo com balanço da operação do comando conjunto das Forças Armadas, que começou na madrugada de segunda-feira com as polícias Civil e Militar, o cabo do Exército Fabiano de Oliveira Santos morreu após ser atingido no ombro por um tiro de fuzil. Ele foi o primeiro militar do Exército morto no contexto da intervenção federal na segurança pública do Rio, iniciada em fevereiro deste ano. O presidente Michel Temer lamentou a morte de Fabiano. Em sua conta no Twitter, Temer prestou homenagem aos serviços do soldado: "A minha solidariedade à família do Cabo Fabiano que lamentavelmente faleceu hoje durante operação da Intervenção Federal no Rio de Janeiro. O Brasil agradece ao militar que dedicou a própria vida por um país melhor", escreveu o mandatário, na rede social. Michel Temer ✔ @MichelTemer A minha solidariedade à família do Cabo Fabiano que lamentavelmente faleceu hoje durante operação da Intervenção Federal no Rio de Janeiro. O Brasil agradece ao militar que dedicou a própria vida por um país melhor. 19:10 - 20 de ago de 2018 710 255 pessoas estão falando sobre isso Informações e privacidade no Twitter Ads LEIA MAIS Seis pessoas morrem em operação no Rio; Forças Armadas têm primeira vítima desde intervençãoSeis pessoas morrem em operação no Rio; Forças Armadas têm primeira vítima desde intervenção Número de mortes violentas aumentou durante intervenção federal no Rio de Janeiro Número de mortes violentas aumentou durante intervenção federal no Rio de Janeiro Perseguição e tiroteio deixam seis mortos no Rio de Janeiro Na mesma ação, na localidade conhecida como Serra da Misericórdia, no Complexo do Alemão, o soldado do Exército Marcus Vinicius Viana Ribeiro ficou ferido com um tiro na perna. De acordo com o Exército, o caso do soldado é de média complexidade. Segundo o comando conjunto, o estado de Ribeiro "inspira cuidados, porém o militar não corre risco de morrer". O soldado está internado no Hospital Central do Exército (HCE). Ver matéria

 

 

Facebook remove centenas de páginas

Zuckerberg para enfrentar a segunda rodada de questionamentos no Capitólio O email O Facebook afirmou na terça-feira que "removeu várias páginas, grupos e contas" ligados a "comportamento não autêntico" em suas plataformas, incluindo ações originadas na Rússia e no Irã . Interessado no Facebook? Adicione o Facebook como um interesse para manter-se atualizado sobre as últimas notícias do Facebook, vídeo e análise da ABC News. Facebook Adicionar juros "Estas foram campanhas distintas e não identificamos nenhum vínculo ou coordenação entre elas", disse a gigante de mídia social de Menlo Park, Califórnia, em comunicado divulgado online . "No entanto, eles usaram táticas similares ao criar redes de contas para enganar os outros sobre quem eram e o que estavam fazendo." "Proibimos esse tipo de comportamento", continuou o comunicado, "porque queremos que as pessoas confiem nas conexões que fazem no Facebook. E enquanto estamos fazendo progressos para erradicar esse abuso, como dissemos antes, um desafio contínuo porque as pessoas responsáveis ​​são determinadas e bem financiadas ". O valor de mercado do Facebook no fechamento dos negócios na terça-feira foi de aproximadamente meio trilhão de dólares. (MAIS: O que saber sobre o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg) "Há sempre uma tensão entre derrubar esses maus atores rapidamente e melhorar nossas defesas a longo prazo", continuou o comunicado do Facebook. "Se os removemos cedo demais, é mais difícil entender o plano de ação e a extensão da rede. Também limita nossa capacidade de coordenação com os agentes da lei, que geralmente têm investigações próprias." O comunicado incluiu comentários atribuídos a Nathaniel Gleicher, chefe da política de segurança cibernética, que disse que o Facebook removeu "652 páginas, grupos e contas por comportamento coordenado não autêntico originado no Irã e direcionado a pessoas em múltiplos serviços de Internet no Oriente Médio, América Latina e Reino Unido. e nós." "Estamos trabalhando de perto com a polícia dos EUA nesta investigação e agradecemos a ajuda deles", escreveu Gleicher. "Essas investigações estão em andamento - e, dada a sensibilidade, não estamos compartilhando mais informações sobre o que removemos." (MAIS: Zuckerberg enfrenta o congresso sobre a privacidade do usuário no Facebook, eleição de 2016) (MAIS: Zuckerberg termina o dia 2 de grelhar no Congresso sobre violação de dados no Facebook, regras de privacidade) O senador Mark Warner, vice-presidente do Comitê de Inteligência do Senado, disse em comunicado após o anúncio do Facebook que "esta é mais uma prova de que adversários estrangeiros estão usando ativamente as mídias sociais para dividir os americanos e minar nossas instituições democráticas". Ver matéria

 

 

Educação é a meta!

Confira e veja que promete... Ver matéria

 

 

URSAL e pátria grande em vigor!

Imigração em alta! Ver matéria

 

 

“Fake News” Com o nome da ONU.

O abobalhado irresponsável que conseguiu enganar o país com uma “Fake News” Leia mais: https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/11084/o-abobalhado-irresponsavel-que-conseguiu-enganar-o-pais-com-uma-fake-news © Todos os direitos reservados a J P Tolentino Filho ME, CNPJ: 16.434.831/0001-01 Ver matéria

 

 

Sequestro de brasileiros?

Quem irá defender o Brasil disso? Ver matéria

 

 

A Wal do Açaí é...

Wal do Açaí é uma trinca na imagem de ruptura que Bolsonaro vende Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/01/1949719-bolsonaro-emprega-servidora-fantasma-que-vende-acai-em-angra.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado. assista o vídeo Ver matéria

 

 

O MST e a sua cultura implantada.

Tanto plantam quanto colhem segundo os seus... Não tem outro nome senão delinquência o que fez o MST na invasão do dia 8 0

O Estado de S.Paulo

10 Março 2018 | 00h01

Não tem outro nome senão delinquência o que cometeu o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na manhã do dia 8 passado, quando bandos de baderneiros sob a bandeira dessa organização criminosa travestida de “movimento social” invadiram diversas propriedades privadas, ocuparam repartições públicas em vários Estados e depredaram o parque gráfico do jornal O Globo, no Rio de Janeiro.

A esta altura, não tem a menor relevância saber quais eram as reivindicações desses vândalos, uma vez que o objetivo de seus líderes é um só, desde sempre: acabar com a democracia. Infelizmente, embora esteja claro há muito tempo que o MST e outros grupos do mesmo naipe não têm o menor apreço pelas leis e pela convivência democrática, cometendo crimes em série em nome de uma certa “justiça social”, as autoridades nacionais titubeiam na hora de enquadrá-los nas leis que deveriam servir para todos, fazendo-os pagar pelo seu contumaz banditismo. Das duas, uma: ou os governantes entendem que o MST é legítimo interlocutor para tratar de questões agrárias, o que seria um rematado absurdo, ou evitam confrontá-lo por temerem a repercussão entre movimentos sociais, naturalmente barulhentos. De uma forma ou de outra, o resultado é a genuflexão do Estado brasileiro diante de um grupelho liberticida.

Gozando desse status especial, o MST entrega-se ao mais desbragado cinismo, ao cobrar respeito pelos seus direitos ao mesmo tempo que atropela os direitos alheios. O caso da invasão ao parque gráfico de um jornal é exemplar desse descaramento.

O ataque teve as características das ações do MST: além da invasão em si, já criminosa, os sem-terra, munidos de facões, fizeram pichações, quebraram vidros e destruíram móveis. Foram contidos pela segurança antes de entrarem na área das máquinas.

Eram cerca de 400 pessoas, a maioria mulheres. Já o MST disse que eram 800, que chegaram em ônibus fretados. Tudo isso era parte de “atividades” relativas ao Dia Internacional da Mulher “contra os inimigos das trabalhadoras”, segundo a organização. A depredação da gráfica do jornal “atingiu em cheio o núcleo político do golpe parlamentar-midiático, o partido que orienta a burguesia”, informou uma porta-voz do MST, que acusou a empresa jornalística de não ter “compromisso com a democracia e com a liberdade de expressão”.

No dia seguinte, diante do noticiário sobre a invasão, o MST queixou-se de que “a imprensa brasileira noticiou as atividades, marchas e ocupações com parcialidade e de forma a criminalizar as mulheres em luta”. Um dos alvos do protesto do MST foi uma reportagem da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), agência estatal de notícias, que em seu título classificou o ato do MST de “vandalismo”. Para o grupo, a reportagem “foge de qualquer parâmetro básico do bom jornalismo” ao “não garantir a voz das mulheres do MST”. Ver matéria

 

 

Uma boa proposta em prol de uma faxina!

Essa matéria é verdadeira, mas não interessa aos donos do poder, pois eles fazem parte do esquema criminoso. Só há uma única saída a Intervenção Constitucionalista. A faxina geral nos três poderes e acabar com este esquema criminoso! Ver matéria

 

 

O CAMINHO DA PROSPERIDADE.

Proposta de Plano de Governo E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. JOÃO 8: 32

Amostra da jornalista Lis Macedo para evitar o Fake que tanto nos rodeia no Facebook e no Youtube

O BRASIL LIVRE Propomos um governo decente, diferente de tudo aquilo que nos jogou em uma crise ética, moral e fiscal. Um governo sem toma lá-dá-cá, sem acordos espúrios. Um governo formado por pessoas que tenham compromisso com o Brasil e com os brasileiros. Que atenda aos anseios dos cidadãos e trabalhe pelo que realmente faz a diferença na vida de todos. Um governo que defenda e resgate o bem mais precioso de qualquer cidadão: a Liberdade. Um governo que devolva o país aos seus verdadeiros donos: os brasileiros.

O FRUTO DA VIDA É SAGRADO! • Este é um país de todos nós, brasileiros natos ou de coração. Um Brasil de diversas opiniões, cores e orientações. • As pessoas devem ter liberdade de fazer suas escolhas e viver com os frutos dessas escolhas, desde que não interfiram em aspectos essenciais da vida do próximo. • Os frutos materiais dessas escolhas, quando gerados de forma honesta em uma economia de livre iniciativa, têm nome: PROPRIEDADE PRIVADA! Seu celular, seu relógio, sua poupança, sua casa, sua moto, seu carro, sua terra são os frutos de seu trabalho e de suas escolhas! São sagrados e não podem ser roubados, invadidos ou expropriados! • Os frutos de nossas escolhas afetivas têm nome: FAMÍLIA! Seja ela como for, é sagrada e o Estado não deve interferir em nossas vidas.

LIBERDADE E FRATERNIDADE! • Quebrado o atual ciclo, com o Brasil livre do crime, da corrupção e de ideologias perversas, haverá estabilidade, riqueza e oportunidades para todos tentarem buscar a felicidade da forma que acharem melhor. • Liberdade para as pessoas, individualmente, poderem fazer suas escolhas afetivas, políticas, econômicas ou espirituais. • Devemos ser fraternos! Ter compaixão com o próximo. Precisamos construir uma sociedade que estenda a mão aos que caírem. Escolhas erradas ou tropeços fazem parte da vida. Ajudar o próximo a se levantar nos diferencia como humanos. • Mais importante: uma Nação fraterna e humana, com menos excluídos, é mais forte. Há menos espaço para populistas e suas mentiras. O Brasil precisa se libertar dos corruptos. O povo brasileiro precisa ser livre de VERDADE! BOLSONARO2018 Ver matéria

 

 

Candidatos para fiscalizar a greve de fome!

Petistas terceirizam greve de fome. Que crueldade! José Pedriali | Publicado em 05 de julho de 2018 | 11h04 Habituados a promover à base de mortadela atos a favor do partido ou contra seus adversários, petistas inovam: farão greve de fome! E farão isto pela liberdade do líder Lula da Silva, que cumpre pena (por enquanto) de 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro e, por mais que tenha tentado, por mais ministros servis que possa ter no STF, a liberdade é um objetivo que se distancia quanto mais passa o tempo.https://massanews.com/blogs/politica/jose-pedriali/petistas-terceirizam-greve-de-fome-que-crueldade-mmjm3.html Ver matéria

 

 

Se observar bem!

No grupo do Facebook "Adeptos da INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL DAS FFAA" (Forças Armadas), um membro que também se identifica como militar na reserva defende a convocação imediata "de uma Junta Civil e Militar Constitucional que dirija os destinos da Nação com Ordem e Progresso até as próximas eleições, sem urnas eletrônicas viciadas e fraudadas". Segundo o autor, a iniciativa garantiria que "bandidos e corruptos presos cumpram realmente suas penas" e que "a população se sinta mais segura e protegida". Ver matéria

 

 

Porque não fazer o registro físico?

Voto impresso: quais os argumentos de defensores e críticos Paulo Flores 09 Fev 2018 (atualizado 06/Jul 12h13) Proteção contra fraudes ou risco de violação do sigilo do voto? Grupos se dividem sobre prós e contras do novo modelo FOTO: TSE - TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL NOVA URNA ELETRÔNICA DO TSE, ADAPTÁVEL AO SISTEMA DE VOTO IMPRESSO A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, acionou o Supremo Tribunal Federal na segunda-feira (5) para suspender a implantação do sistema de voto impresso no Brasil. De acordo com Dodge, a impressão do voto teclado na urna eletrônica coloca em risco o sigilo da votação e traz de volta o risco de que os eleitores sejam coagidos por terceiros a apoiarem candidatos que não querem. O Brasil abandonou o voto em papel em 2000, com o uso das urnas eletrônicas de forma integral em todo território nacional – o sistema começou a ser implementado em 1996. Mas o voto impresso foi reintroduzido a partir da aprovação de uma emenda legislativa em 2015, durante uma minirreforma política - a medida não foi adotada nas eleições municipais de 2016 por falta de tempo. O argumento de quem é a favor da impressão do voto, usado na época da aprovação e presente até hoje no discurso dos defensores da medida, é que o modelo dificulta fraudes na eleição. Como funciona o novo modelo Quando o eleitor concluir seus votos, a urna eletrônica vai gerar um papel com os dados de candidatos que foram escolhidos para que o cidadão possa conferir se o registro está certo. Em seguida, a urna eletrônica deposita o documento impresso em uma outra urna. O eleitor não terá como tocar no comprovante, que fica atrás de uma janelinha de vidro, e ninguém mais está autorizado a consultar o papel. Os documentos só seriam consultados pelo TSE para realização de auditorias. A regra já está valendo para a eleição de 2018, mas sua implementação será parcial. Das 600 mil urnas que serão usadas nas próximas eleições, apenas 5% (30 mil) terão o mecanismo de impressão. Caso o Supremo conceda liminar na ação movida por Raquel Dodge, o voto impresso ficará suspenso. O sistema já tinha sido aprovado pelo Congresso uma vez, em 2009. Em 2011, porém, o Supremo suspendeu sua aplicação por entender que o voto impresso colocava em risco a garantia de registro sigiloso do voto – mesmo argumento adotado por Dodge na segunda-feira (5). Os argumentos de quem defende a impressão A emenda que levou à aprovação do voto impresso foi apresentada pelo deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que também é pré-candidato à Presidência da República em 2018. Bolsonaro afirma que o atual sistema de votação e apuração, baseado apenas em recursos eletrônicos, não permite que os eleitores saibam se seus votos estão sendo de fato respeitados ou se são fraudados. O pré-candidato questiona o fato de países desenvolvidos não adotarem o mesmo sistema eletrônico que o Brasil. O professor de ciência da computação da UnB Diego Aranha, que já participou de testes de segurança de urnas eletrônicas, afirmou em 2013 que o software do TSE é comprovadamente inseguro. “Precisamos de um registro físico do voto para permitir verificação de que os resultados são, de fato, honestos”, disse Aranha. Em debates promovidos pelo Senado em 2014, o professor de matemática e criptologia da UnB Pedro de Rezende também afirmou que o sistema de urnas eletrônicas brasileiro é atrasado e não permite a verificação dos votos, ao contrário de urnas da “terceira geração”. Na quarta-feira (8), após Raquel Dodge acionar o Supremo, peritos da Polícia Federal se manifestaram em defesa da adoção do voto impresso em 2018. Para o grupo, é necessário que haja uma forma de verificação não eletrônica do voto e dificuldades pontuais, de cunho operacional, não justificam o abandono da implementação do sistema. Os argumentos de quem é contra a impressão O ministro do Supremo Gilmar Mendes, que era presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) até o dia 6 de fevereiro de 2018, sempre se posicionou contra a adoção do voto impresso. O principal problema, segundo Gilmar Mendes, é o custo de implementar o sistema no Brasil. Para substituir as 600 mil urnas eletrônicas por outras equipadas para imprimir o voto, o governo gastaria muito dinheiro. Em época de crise econômica, afirma o ministro, a implementação do projeto é inviável. R$ 2,5 bilhões custo estimado pelo TSE para implementar o voto impresso em todo o Brasil Foi com base nas restrições orçamentárias que Gilmar Mendes, então presidente do TSE, anunciou em dezembro de 2017 que apenas 5% das urnas iriam imprimir o voto na eleição de 2018. O próprio TSE já chegou a se posicionar institucionalmente contra a adoção do voto impresso. “Na ocasião [de tramitação do projeto de lei], o TSE salientou que a exigência do voto impresso é contraproducente, pois o sistema eletrônico de votação já permite ampla auditagem por agentes públicos, privados e partidários” Tribunal Superior Eleitoral Texto da série “Voto Impresso”, publicado em fevereiro de 2017 O primeiro sistema de voto impresso aprovado no Brasil, em 2009, foi contestado pelo então procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Ele apresentou, em 2011, uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) ao Supremo alegando que, ao gerar um registro físico do voto com informações do eleitor, a impressão colocava em ris Ver matéria

 

 

Alemanha de ser “refém” da Rússia...

No início da cúpula da OTAN, presidente Trump critica Berlim por pagar milhões de dólares por gás de Moscou e pede que aliados dobrem o gasto militar

O mundo está cada vez mais inseguro, os desafios na vizinhança dos países aliados se multiplicam, mas a retórica belicista de Trump impede qualquer debate sereno sobre quais deveriam ser as prioridades da Aliança. O encontro de líderes que começou na quarta-feira em Bruxelas se chocou com os comentários iniciais de Trump durante um café da manhã com o secretário-geral da Aliança Atlântica, Jens Stoltenberg. Ciente de que estava sendo gravado, Trump acusou a Alemanha de ser "refém" de Moscou porque depende do fornecimento de gás russo.

MAIS INFORMAÇÕES Trump acusa Alemanha de ser “refém” da Rússia Trump rebate Merkel e acusa Alemanha de prejudicar economia dos EUA Trump acusa Alemanha de ser “refém” da Rússia Merkel avisa que a Europa já não pode confiar nos Estados Unidos Trump acusa Alemanha de ser “refém” da Rússia Suécia prepara sua população para a guerra O mundo está cada vez mais inseguro, os desafios na vizinhança dos países aliados se multiplicam, mas a retórica belicista de Trump impede qualquer debate sereno sobre quais deveriam ser as prioridades da Aliança. O encontro de líderes que começou na quarta-feira em Bruxelas se chocou com os comentários iniciais de Trump durante um café da manhã com o secretário-geral da Aliança Atlântica, Jens Stoltenberg. Ciente de que estava sendo gravado, Trump acusou a Alemanha de ser "refém" de Moscou porque depende do fornecimento de gás russo. Como em outras ocasiões, o presidente dos EUA optou por misturar conceitos diferentes com o mesmo objetivo: vencer a principal potência econômica da UE (e a segunda da OTAN). "A Alemanha é totalmente controlada pela Rússia porque obterá entre 60% e 70% da energia através do novo gasoduto" Nord Stream II, que vem da Rússia, disse Trump. "Estamos protegendo a Alemanha" e outros países europeus contra a Rússia, acrescentou, enquanto eles se comprometem a pagar "milhões e milhões de dólares por ano" à Rússia em troca do fornecimento de gás, o que é "algo muito inapropriado e negativo para a OTAN, que não deveria acontecer", acrescentou. Ver matéria

 

 

A Mídia e o seu poder na manipulação.

Por mais que em seu interior você relute em não querer entender. O Fake é real e tem que ser desentronizado (combatido) pela sabedoria. Ver matéria

 

 

Drones no banho de sol do Lula

Segundo pessoas que visitaram o ex-presidente na cadeia, quando ocorre esse tipo de situação o petista é retirado pelos próprios agentes do local. Supostamente o uso dos drones seria para fotografá-lo ou filmá-lo Ver matéria

 

 

VAMOS SER ESCRAVOS DOS CHINESES!

SE OS GENERAIS NÃO INTERVIREM E DAR UM BASTA NESSES ABUTRES DOS INFERNOS EM UM FUTURO PRÓXIMO NÓS BRASILEIROS VAMOS SER SIM..."O governo não tem capacidade de investimento. Se não fizer caixa, vai faltar dinheiro. A expansão chinesa tem causado um alvoroço em todos os países. Mas dizer não à China é um movimento protecionista que não deveríamos perseguir", argumenta. Já Pedro Rossi, professor de Economia da Unicamp, pensa diferente. Para ele, a venda de ativos aos chineses coloca em xeque "a soberania nacional e a própria democracia brasileira". "O capital privado passa a ditar as regras em setores que poderiam ser usados como instrumento de desenvolvimento para o país. Não faz sentido vender a Eletrobras por R$ 30 bilhões se a previsão de rombo fiscal é de R$ 159 bilhões", opina. Ele cita o caso da privatização da Vale, em 1997, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Hoje, a empresa vende minério de ferro bruto à China, seu maior comprador ─ e o país se encarrega do restante da cadeia produtiva, transformando-o em aço, por exemplo, agregando valor ao longo da produção. A revolucionária invenção que, sem eletricidade, fornece água potável para hondurenhos "Isso acaba gerando menos renda e emprego para os brasileiros", assinala. Em sua avaliação, o governo brasileiro tem uma estratégia "completamente oposta" à dos chineses. "Enquanto o Brasil vende seus ativos, a China exerce um movimento contrário: busca comprá-los ao redor do mundo por meio de uma política patrocinada pelo Estado". Ver matéria

 

 

Saiba como e o que repercutindo...

 

 

Recado dado dia 25/06/2018.

 

 

Explicação sobre a intervenção militar!

Reza na constituição...

Art. 55. As penas principais são: Ver tópico (188 documentos)

a) morte; Ver tópico
b) reclusão; Ver tópico
c) detenção; Ver tópico
d) prisão; Ver tópico
e) impedimento; Ver tópico
f) suspensão do exercício do pôsto, graduação, cargo ou função; Ver tópico
g) reforma. Ver tópico
Pena de morte
Art. 56. A pena de morte é executada por fuzilamento. Ver tópico (38 documentos)
Comunicação
Art. 57. A sentença definitiva de condenação à morte é comunicada, logo que passe em julgado, ao Presidente da República, e não pode ser executada senão depois de sete dias após a comunicação. Ver tópico (49 documentos) Ver matéria

 

 

O título é um rótulo? E o conteúdo?

A mais complexa defesa contra o ódio de uma pessoa é a indiferença. Pois você não dará o poder a ela de fazê-lo sentir qualquer coisa que seja. Rógeres Viana Santos

 

 

Mais um tiro contra a humanidade!

Os grupos de oposição venezuelanos chamados na segunda-feira para criar comandos ou movimentos populares para multiplicar mensagens que exigem mudanças e soluções para o governo do presidente Nicolas Maduro, enquanto centenas de manifestantes em um novo dia de protestos, levou um documento junto à OEA para perguntar Analise a situação que o país está passando. A proposta do líder da oposição Henrique Capriles também tem como objetivo difundir a mensagem de que o país precisa de mudanças depois de 15 anos sob os princípios socialistas da chamada revolução bolivariana criada pelo falecido presidente Hugo Chávez. Mais de mil pessoas, a maioria estudantes universitários e moradores de áreas de classe média, se manifestaram em uma praça na segunda-feira e marcharam com uma gigantesca bandeira venezuelana para entregar um documento à sede da Organização dos Estados Americanos (OEA). Eles pedem que uma reunião seja convocada para analisar a situação no país e nomear uma comissão para visitá-la e verificar os relatórios de repressão e tortura contra os manifestantes. Alfredo Romero, diretor da organização civil Foro Penal, insistiu no domingo que este grupo documentou 33 casos de tortura aos presos durante os protestos. "Estamos de luto", gritavam centenas de manifestantes. "Os carnavais não foram embora, mas os problemas também não", disse Mariana Cover, estudante de biologia de 24 anos, à Associated Press. Alguns manifestantes estavam disfarçados de produtos básicos, como leite e farinha, que são escassos desde o final do ano passado. "Esses produtos são os mais procurados e todos nós temos que fazer uma longa fila" para adquiri-los, disse Miguel Romero, vestido como um litro de leite. O ministro do Exterior Elias Jaua disse nesta segunda-feira na sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU em Genebra que há "uma campanha internacional de mentiras e falsidades apresentado hoje ao nosso país em uma situação de caos e guerra civil." "Eles tentaram ver no país generalizado caos, repressão e discriminação e desproporcional para justificar a intervenção estrangeira nos assuntos internos", insistiu o diplomata. Ele explicou que, embora o governo apóie o direito de protestar, esse direito "não é absoluto", mas está condicionado a manifestações pacíficas. Pela segunda noite consecutiva, a Guarda Nacional dispersos com balas de gás e borracha lacrimogêneo contra um grupo de manifestantes, muitos deles mascarados, concentrados no Parque França, na área residencial de Altamira, município de Chacao, governado pela oposição. Os manifestantes queimaram uma boneca que representava o presidente Nicolás Maduro. A proposta de Capriles criar "Força Nacinal" à procura "pôr de lado a política e agenda violência que quer nos levar o governo a se concentrar em problemas sociais," o oponente no Twitter e em seu blog . Os confrontos entre os manifestantes e a Guarda Nacional deixaram 18 mortos e mais de 260 feridos nas últimas quatro semanas. De acordo com o Fórum Criminal, 970 pessoas foram presas, das quais apenas 34 permanecem atrás das grades. Capriles, do partido Primero Justicia, recusou-se a participar na semana passada da chamada conferência de paz organizada pela Maduro para procurar soluções para as demandas dos manifestantes. Ele considerou que o governo não mostrou uma vontade clara de promover a paz porque, segundo ele, a Guarda Nacional reprime os protestos e detém os manifestantes com força excessiva. Capriles propôs que os comandos de defesa sejam formados por três membros, que por sua vez reúnem mais 10 membros cada, para coordenar suas discussões e ações. A capital venezuelana acordou segunda-feira com o torpor gerado por um longo feriado de sete dias promovidas pelo governo para as festas de carnaval, o aniversário do movimento popular conhecido como "El Caracazo" e a comemoração do primeiro ano da morte de Chavez. Enquanto centro de Caracas foi parcialmente paralisado pelo encerramento de empresas comerciais por ocasião do dia de folga, milhares de turistas viajaram desde o fim de semana em seus veículos ou ônibus do governo para as praias vizinhas e outros participar de festas organizadas pela o governo em praças públicas. Em algumas praias, como La Guaira, ao norte de Caracas, algumas pessoas também protestaram contra o governo com bandeiras e cruzes. "As praias estão lá e nunca vão sair, mas o país não pode ser completamente perdido, é hora de todos nós lutarmos", disse Bety Reyes, de 50 anos, que protestou em frente à praia de La Guaira. . Julimar Requena, por outro lado, se bronzeava na areia e explicou que foi com a família ao mar para deixar "um pouco de toda a violência, de tudo que está acontecendo". O líder do partido de oposição da Vontade Popular, Leopoldo López, também pediu aos grupos sociais e políticos que Ver matéria

 

 

Observe o que querem para o seu futuro!

 

 

Esta tendo intervenção mesmo?

 

 

O que a mídia não faz por uma média!

 

 

Fraude é crime!

 

 

Vamos cobrar e fazer jus dos nossos direitos?

 

 

Vamos cobrar e fazer jus dos direitos?

 

 

Ministro retirando dinheiro de onde?

 

 

Políticos que apavoram o povo com ditadura

 

 

Tem intervenção militar ou não tem?

 

 

A voz do povo nas ruas de Curitiba.

 

 

Caminhoneiros pelo WhatsApp...

A liberação de alguns trechos de estradas, como em São Paulo, está longe de significar o fim da greve. Nos grupos de WhatsApp dos caminhoneiros, a ordem é manter a paralisação, pelo menos, até terça-feira, 29. Por hora, a maioria concordou em liberar as estradas e continuarem estacionadas em pontos estratégicos.

Mas, nas últimas postagens, lideranças dos caminhoneiros começam a organizar novas paralisações a partir de amanhã, às 8 horas. Num vídeo que está circulando nos grupos de WhatsApp, representantes chamam, além dos caminhoneiros, veículos de passeio para parar as BRs. Além disso, uma manifestação em pontos estratégicos das principais capitais também está sendo organizada.Nas redes sociais existem pessoas assim como Miriam do Portal dos aposentados depois de se sentir pressionada voltoua rede contribuindo para conosco em solidariedade como sempre faz com destreza.O brigado Miriam e não desmoreça.

E assista um vídeo em resposta que um caminhoneiro emocionado fez para o Temer. Ver matéria

 

 

TEMER DISCURSA MENTIRAS

 

 

Entenda se é ou não é um contra golpe?

O presidente Michel Temer anunciou que vai acionar as Forças Federais de Segurança para desbloquear as estradas brasileiras e encerrar o desabastecimento em todas as cidades do país. Temer afirma que acionou as forças federais de segurança para desbloquear as estradas.

"Comunico que acionei as forças federais de segurança para desbloquear as estradas e solicito que os governadores façam o mesmo. Não vamos permitir que população fique sem itens de primeira necessidade, que consumidores fiquem sem produto, que hospitais não funcionem", afirmou Temer. "Governo teve coragem de dialogar e terá coragem agora de exercer sua autoridade diante do povo", completou.

Segundo Temer, quem continuar bloqueando as estradas será responsabilizado e punido. "Vamos garantir o abastecimento. O acordo está assinado e cumpri-lo é a melhor alternativa. O governo espera e confia que cada caminhoneiro cumpra o seu papel", acrescentou.

O presidente lembrou que a União irá ressarcir a Petrobras para garantir a redução de 10% do preço do diesel e apontou que o acordo prevê a estabilidade de preços a cada 30 dias. Eles citou que governo também firmou acordo com o Congresso para zerar a Cide sobre o diesel. Ver matéria

 

 

O que é o Bitcoin Batching?

Batching é um método usado para colocar o maior número possível de transações no espaço de bloco limitado disponível no blockchain do Bitcoin . O batching é importante porque combinar várias saídas e pagamentos em uma única operação é eficiente em termos de espaço e custo. O que é o lote? Agrupar várias transações em uma transação, portanto, cria taxas mais baratas e mais baixas para todos na rede. Embora a taxa de criptomoeda por transação nunca tenha excedido 31 centavos em uma média semanal de janeiro de 2014 a janeiro de 2017, devido à grande demanda da rede, os lotes tornaram-se um conceito popular quando essas taxas rapidamente chegaram a quase US $ 50 até o final de 2017. As trocas de criptomoedas estavam sob pressão para iniciar transações em lote. Embora alguns tenham sido corrigidos por anos, outros acabaram implementando um sistema de lotes. Quando a recessão da criptomoeda entrou em vigor depois de dezembro de 2017, essas taxas rapidamente reduziram, de modo que a pressão para o lote logo se desvaneceu. Neste artigo, o autor apresentará a idéia de lotes e sua popularidade. O guia foi elaborado para fornecer uma rápida visão geral do conceito e entender por que a contagem de transações é uma métrica enganosa quando se trata de medir o desempenho do Bitcoin. Introdução ao Batching O Bitcoin usa um modelo de Saída de Transação Não Usada (UTXO). De acordo com o Hausfly on Medium , “No Bitcoin, um usuário não tem saldos, apenas UTXOs que eles controlam. Se eles querem transferir dinheiro para outra pessoa, sua carteira seleciona um ou mais UTXOs como entradas que, em suma, precisam somar o valor que desejam transferir. A quantidade desejada então vai para o destinatário, que é chamado de saída, e a diferença volta para o remetente, que é chamado de saída de mudança. ” Portanto, quando se trata de manter as transações o menor possível, há duas abordagens. Os usuários podem consolidar seus UTXOs ou insumos e usar o mínimo possível de insumos enviando continuamente UTXOs menores para si mesmos quando as taxas são baixas e recebem um UTXO grande em troca. Alternativamente, se o usuário faz transferências com freqüência, eles podem fazer quase um número ilimitado de saídas para pessoas diferentes em uma transação. A segunda opção é conhecida como batching. Ver matéria

 

 

Não é pelo aumento, mas sim pedindo a intervenção....

De acordo com os líderes do movimento esta paralisação dos caminhoneiros NÃO são contra o aumento de combustíveis, mas sim a favor da intervenção militar no Brasil.

  • O mundo grita, Deus fala!

  • O fruto do escancaramento.

  • É bom saber?

    Festividades de entrada de ano...

     

    Em qual bolha você esta preso?

     

    A importância de beber água em jejum. Com limão!

     

    O plano ambiental criminoso...

     

    âmago politico brasileiro

    • Com a palavra a Min. Damares Alves

    • Que busquem rever estes gastos...

    • Observando o que é relevante!

    • Ministério do AMOR!